566Visitas |  Like

Método anticoncepcional: descubra qual é o ideal para você

Pílula anticoncepcional

Índice de falha com uso perfeito: 0,3%
Índice de falha com uso típico: 9%
Vantagens: Altamente eficaz
Desvantagens: Pode haver redução da libido. Aumenta o risco de trombose.
Contraindicação: Fumantes, obesas, quem tem enxaqueca com aura, pressão alta, diabetes e histórico pessoal ou familiar de doenças cardiovasculares

Camisinha masculina

Índice de falha com uso perfeito: 5%

Índice de falha com uso típico:21%

Vantagens: Não possui efeitos colaterais e ainda previne doenças sexualmente transmissíveis

Desvantagens: Para algumas pessoas, torna o sexo menos prazeroso

Contraindicação: Quem tem alergia ao látex

Camisinha feminina

Índice de falha com uso perfeito: 2%

Índice de falha com uso típico: 18%

Vantagens: A mulher controla o uso. Pode ser colocada horas antes da relação sexual e ainda previne doenças sexualmente transmissíveis

Desvantagens: Mais cara e de uso mais difícil que a versão masculina

Contraindicação: Nenhuma

Diafragma com espermicida

Índice de falha com uso perfeito: 6%

Índice de falha com uso típico: 16%

Vantagens: Não tem os efeitos colaterais dos métodos hormonais

Desvantagens: Só pode ser retirado de oito a 12 horas após a relação

Contraindicação: Mulheres com alergia ao látex ou que tiveram parto recente

DIU de cobre

Índice de falha com uso perfeito ou típico: 0,05%

Vantagens: Alta eficácia e longa duração (três anos)

Desvantagens: Pode causar escapes de sangue, dor de cabeça, variações de humor, náuseas, dor no local da implantação (o braço)

Contraindicação: Em caso de doenças no fígado, alguns cânceres recentes ou hemorragia vaginal de causa não esclarecida

DIU com hormônio

Índice de falha com uso perfeito: 0,3%

Índice de falha com uso típico: 9%

Vantagens: A troca é feita uma vez por semana, com uma pausa de sete dias a cada 21

Desvantagens: As mesmas da pílula

Contraindicação: Fumantes, obesas e mulheres que têm enxaqueca com aura, hipertensão, diabetes e histórico pessoal ou familiar de doenças cardiovasculares

Anel Vaginal

Índice de falha com uso perfeito: 0,3%

Índice de falha com uso típico: 9%

Vantagens: Só precisa ser removido a cada três semanas

Desvantagens: As mesmas da pílula

Contraindicação: Fumantes, obesas e mulheres que têm enxaqueca com aura, hipertensão, diabetes e histórico pessoal ou familiar de doenças cardiovasculares

Adesivo

Índice de falha com uso perfeito ou típico: 0,2%

Vantagens: Alta eficácia e duração de cinco anos

Desvantagens: Escapes de sangue nos primeiros ciclos.

Contraindicação: Mulheres com miomas, inflamação pélvica, sangramento uterino anormal, doenças do fígado, alguns cânceres, enxaqueca e trombose ou embolia pulmonar

Implante subcutâneo

Índice de falha com uso perfeito: 0,6%

Índice de falha com uso típico: 0,8%

Vantagens: Alta eficácia, duração de até dez anos

Desvantagens: Pode aumentar o período e o fluxo menstrual e a intensidade das cólicas

Contraindicação: Mulheres com mioma, inflamação pélvica, má-formação e sangramento uterinos


Fontes:

Critérios Médicos de Elegibilidade para Uso de Contraceptivos (OMS-2009); Anticoncepção – Manual de Orientação da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo-2010); os médicos Marta Finotti e Thomaz Gollop .