278Visitas |  Like

7 erros que podem ser cruéis com a saúde da sua pele no inverno

A combinação de baixas temperaturas e clima seco típica do inverno é capaz de maltratar até as pessoas com pele mais saudáveis. Alergias, dermatites e ressecamento são alguns dos problemas frequentes do período e podem piorar quando ignorados. Confira erros apontados pela farmacêutica Mika Yamaguchi, diretora científica da Biotec Dermocosméticos, que podem ser cruéis com a saúde da sua pele no inverno:

Erros que estragam a pele no frio

1. Não passar protetor solar: a radiação ultravioleta, também no inverno, provoca danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele, causando o aparecimento precoce de rugas, flacidez e manchas. A orientação continua a de reaplicar o cosmético de quatro em quatro horas em ambientes fechados e de duas em duas horas ao ar livre.

pele-espelho-toalha_0

2. Usar apenas hidratante: a hidratação da pele deve ser dinâmica, por isso é importante beber bastante água para ajudar a manter a cútis hidratada. Além disso, vale conhecer com seu dermatologista opções de produtos que promovam uma hidratação dinâmica, ou seja, de dentro para fora.

3. Tomar banhos muito quentes: ficar mais de 15 minutos debaixo de um chuveiro quente já é capaz de comprometer a camada da pele que segura a hidratação. Dessa forma, segundo a farmacêutica, a pele perde água e lipídeos, o que compromete sua função de barreira. O ideal é banho morno e, logo após o banho, aplicar o hidratante.

4. Esquecer dos pés e das mãos: hidratar essas regiões do corpo é fundamental, diz a especialista. No caso dos pés, passar o hidratante e colocar uma meia de algodão, que ajuda a pele a absorver o produto mais facilmente. Nas mãos, invista nos ácidos hialurônicos.

pes-pernas-mulher

5. Abusar de retinoides: produtos do gênero, usados para tratamento de acne, manchas e rejuvenescimento devem ser aplicados com parcimônia e orientados por um dermatologista, pois seu uso contínuo pode causar hipersensibilidade cutânea, vermelhidão e irritabilidade.

6. Abusar de produtos abrasivos: normalmente usados para tratar acne, cosméticos com função secativa pode sensibilizar a pele e provocar efeito rebote, com piora da oleosidade e acne. O ideal é evitar usar em excesso produtos que contenham muito álcool, como os tônicos, preferindo extratos botânicos.

7. Esquecer dos cremes reparadores: além da hidratação, produtos que promovam reparação celular são essenciais no inverno, já que, no período, a concentração de poluentes na atmosfera fica maior.

FONTE: bolsademulher.com